ACESSO AOS CONTEÚDOS PRIVADOS

1Terá que ser nosso associado
2Faça login
3Pode aceder a  qualquer conteúdo

Se ainda tem problemas contacte os nossos serviços para geral [ @ ] atam.pt . Obrigado pela sua visita!

CRIAR CONTA

*

*

*

*

*

*

PERDEU A SUA PALAVRA-PASSE

*

Editorial

FORMAÇÃO EM AMBIENTE DE PANDEMIA

Enquanto a globalidade dos países, muitas empresas e entidades públicas e privadas, bem como a maioria das famílias estão, atualmente, confrontados com as consequências económicas da pandemia da Covid–19, traduzidas num maior nível de endividamento e de desemprego, não restam dúvidas de que os Governos vão sair da pandemia com maior volume de dívidas, só resolúveis a médio prazo, quando se iniciar uma recuperação económica global, que poderá ter lugar já em finais de 2021 e que poderá estabilizar entre o ano de 2023 e de 2025.

É neste contexto de emergência que, em Portugal, o teletrabalho voltou para os 121 concelhos considerados de risco, pelo que o número de trabalhadores, neste sistema de trabalho, que em setembro rondava os 29 mil (no confinamento, atingiu os 68 000), vai começar a aumentar, uma vez que este sistema passou a ser obrigatório, desde que compatível com as respetivas funções, excluindo-se as tarefas consideradas essenciais e o atendimento ao público, que se manterão em regime presencial, embora com desfasamento de horários.

Acrescente-se que aos trabalhadores em teletrabalho é mantido o direito de receber o subsídio de alimentação, bem como lhes deve ser proporcionado o equipamento necessário ao teletrabalho, que é da responsabilidade da entidade empregadora.

Naturalmente que, no âmbito do teletrabalho, cabe a frequência de ações de formação que, nesta fase de transição para o digital, assumem papel muito importante, como forma de permitir o desenvolvimento de competências e a valorização profissional, cada vez mais necessária, face à complexidade das leis e aos meios tecnológicos envolvidos.

É neste contexto que, nos últimos meses, a ATAM tem vindo a proporcionar formação online em diversas matérias, com a realização de RAP (3), de Debates Jurídicos (10) e de Ações de Formação (60 ações já realizadas para um total de 1128 formandos).

No próximo dia 23 de novembro irá ter lugar a RAP online para os Distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Coimbra, podendo nela ainda participar os associados das Regiões Autónomas e, no próximo dia 10 de dezembro, um seminário sobre Finanças Locais.

Brevemente, serão reiniciados os Debates Jurídicos, será lançado um seminário sobre a revisão do CCP e irão ser divulgadas novas ações de formação, numa perspetiva de diversificação, visando colmatar necessidades de formação dos associados e dos trabalhadores da Administração Local em geral.

 

Francisco José  Alveirinho Correia

Diretor

TOPO